Preços ao produtor crescem 2,6% na Coréia do Sul

O Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) da Coréia do Sul subiu 2,6% em abril - a maior elevação desde janeiro de 1998, quando registrou alta de 4,3% - depois de um ganho de 1,7% em março -, impulsionado pela elevação dos preços do petróleo cru e das matérias-primas e pelo enfraquecimento da moeda local, disse nesta sexta-feira o Banco da Coréia do Sul (BOK, o banco central do país).A alta nos preços dos alimentos frescos e nos custos dos serviços também contribuiu para o crescimento dos preços ao produtor no mês passado, segundo o BOK.Em doze meses, o PPI avançou 9,7%, acelerando ante a alta de 8% em março - a maior elevação desde novembro de 1998.O PPI mede os preços no atacado de uma cesta de 923 produtos e serviços comprados e vendidos pelas empresas sul-coreanas.A elevação no índice geralmente resulta numa elevação dos preços ao consumidor. As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.