Preços de alimentos aumentaram 0,85% em janeiro

Os preços dos produtos alimentícios tiveram alta de 0,85% em janeiro, ante 0,56% em dezembro, de acordo com o IPCA. As principais variações foram registradas em produtos com forte influência sazonal (clima e safra), como cenoura (36,47%), chuchu (32,32%), hortaliças e verduras (8,56%) batata inglesa (6,59%) e feijão carioca (5,53%). No caso dos não alimentícios, o maior impacto no IPCA foi do gás de botijão, com reajuste de 17,87%.Houve alta de 1,34% nos preços dos ônibus urbanos por causa do aumento de 15% nas tarifas de Belo Horizonte (MG) no final de dezembro e de 4,51% na energia elétrica, como resultado de reajuste no Rio de Janeiro e também dos aumentos extraordinários nas regiões com racionamento. As liquidações reduziram os preços do vestuário, cuja variação caiu para 0,55% em janeiro, após alta de 1,91% em dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.