Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Preços de moradias caem 3,8% em janeiro nos EUA

Preços das moradias voltaram para os níveis em que estavam há quase uma década, no início de 2003, segundo a pesquisa da Standard & Poor's Case-Shiller

Renan Carreira, da Agência Estado,

27 de março de 2012 | 10h34

Os preços dos imóveis caíram nos Estados Unidos em janeiro e atingiram novas mínimas, com os preços médios das moradias voltando para os níveis em que estavam há quase uma década, no início de 2003, segundo a pesquisa da Standard & Poor's Case-Shiller.

Nas 20 maiores cidades dos EUA, os preços caíram 3,8% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, e nas 10 maiores cidades declinaram 3,9%. A previsão para o índice nas 20 maiores cidades era de queda de 4,0%. A mais recente queda de um ano para o outro representa uma melhora sobre o declínio de 4,1% reportado no ano passado para os dois índices.

Na comparação de janeiro com dezembro houve queda de 0,8% tanto no índice de preços de 20 cidades quanto no índice de preços de 10 cidades.

Dos 20 maiores mercados metropolitanos dos EUA, 16 reportaram que os preços estavam mais baixo em janeiro do que durante dezembro. Miami, Phoenix e Washington, D.C., foram as únicas áreas a reportar crescimento de um mês para o outro. Charlotte, N.C., não foi incluída no mais recente relatório por causa no atraso de dados. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.