Preços de moradias nos EUA sobem menos que o esperado em julho

Os preços de moradias para uma única família nos Estados Unidos subiram pelos sexto mês seguido em julho, apesar de a melhora não ter sido tão forte como esperado, mostrou nesta terça-feira a pesquisa da S&P/Case Shiller.

Reuters

25 de setembro de 2012 | 10h22

O índice composto de 20 áreas metropolitanas avançou 0,4 por cento em julho, segundo base ajustada sazonalmente, abaixo das previsões dos analistas consultados pela Reuters de alta de 0,9 por cento.

Sem ajuste sazonal, os preços mostraram desempenho melhor, avançando 1,6 por cento.

Seis anos após seu colapso, os economistas acreditam que o mercado imobiliário teve um ponto de virada. Os dados de preços de moradias confirmam "recentes boas notícias" sobre o setor, afirmou o presidente do comitê do índice da Standard & Poor's em comunicado.

"De forma geral, nós estamos mais otimistas sobre o setor imobiliário. A tendência de alta continua", disse Blitzer.

Na comparação com o ano passado, os preços nas 20 cidades avançaram 1,2 por cento, superando as expectativas de aumento de 1 por cento. Esse foi o segundo mês seguido em que os preços subiram na base anual.

(Reportagem de Leah Schnurr)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAMORADIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.