Preços dos pneus nos EUA sobem com sobretaxa

Os preços dos pneus para automóveis leves subiram entre 10% a 28% nos Estados Unidos nas últimas duas semanas, desde que o presidente Barack Obama aprovou uma tarifa especial sobre as importações de pneus da China, informaram executivos da indústria. A tarifa, que entrou em vigor no fim de semana, ampliou a queda nos embarques chineses iniciada logo após o anúncio da imposição da tarifa, em 11 de setembro.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

28 de setembro de 2009 | 12h17

"Os compradores estão procurando outros fornecedores, mas ainda não os encontraram", disse o presidente da Del-Nat Tire Corp, Jim Mayfield. Sete companhias que pertencem ao grupo Coalizão Americana pelo Comércio Livre de Pneus, incluindo a Del-Nat, se opuseram à tarifa especial imposta pelos EUA, argumentando que esses pneus são fabricados apenas em pequena quantidade no país.

A sobretaxa aos pneus chineses também provocou queda na demanda por borracha natural na China. "A demanda dos EUA por pneus ainda é forte e o país deve adquirir volumes adicionais de outras regiões, tais como a África do Sul", afirmou o diretor executivo da corretora Agrow Enterprise, Chiaki Furui, na Tailândia.

Mayfield observou que uma mudança repentina no abastecimento para outro país é difícil, exigindo dos fornecedores ajustes na especificação de seus produtos. Além disso, muitos países não têm capacidade ociosa de produção e alguns fabricantes relutam em atender a demanda dos EUA gerada apenas pela alta da tarifa de importação da China. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
pneussobretaxapreçosEUAChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.