Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Preços no atacado dos EUA superam previsão em julho

Os preços no atacado dos EstadosUnidos avançaram mais que o esperado em julho, em 0,6 porcento, puxados por alta nos custos de energia. Apesar disso, onúcleo da inflação mostrou-se sob controle. Economistas ouvidos pela Reuters previam uma alta de 0,2por cento para o índice, seguindo a queda de 0,2 por centoapurada em junho. O núcleo do indicador --que exclui os preços de alimentos eenergia-- subiu 0,1 por cento em julho, acrescentou oDepartamento de Trabalho nesta terça-feira, ante a expectativado mercado de 0,2 por cento. Em junho, o núcleo avançou 0,3 porcento. A alta anual do núcleo foi de 2,3 por cento, a maior desdesetembro de 2005.

REUTERS

14 de agosto de 2007 | 10h09

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSMACROEUAPPIATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.