Preços no comércio do RJ sobem 0,66% em outubro

Os preços no comércio do município do Rio de Janeiro voltaram a subir em outubro, segundo pesquisa divulgada hoje pelo Instituto Fecomércio-RJ. De acordo com a entidade, o Índice de Preços do Comércio Varejista Amplo (IPCV-Amplo) subiu 0,66% em outubro, a sexta alta consecutiva do Índice. Nos primeiros dez meses do ano, os preços no comércio do Rio acumulam alta de 2,45%. Em 12 meses até outubro, os preços têm elevação de 2,88%. O instituto informa que, em setembro, o IPCV tinha subido menos: 0,34%. Segundo a entidade, o maior aumento de preço em outubro foi registrado no grupo Artigos de Residência, com produtos 1,53% mais caros, em média. No mês, o comportamento desse grupo foi influenciado pelas altas nos preços do forno de microondas (+6,73%), do fogão (+5,92%) e da roupa de cama (+4,67%). Na avaliação do instituto, os principais motivos de alta nesses itens foram o repasse do reajuste do preço do aço e o aumento do custo do transporte, em função da alta do diesel. Destaques da pesquisa O instituto também informou que, nos dez primeiros meses deste ano, o grupo com alta acumulada de preços mais expressiva foi o de Veículos (+11,33%). Já nos últimos 12 meses, os preços que mais subiram foram os do grupo Despesas Pessoais (+8,98%). Para a apuração do IPCV-Amplo são coletados mensalmente 37.840 preços, de 1.892 produtos, em 720 pontos comerciais, sendo que o público-alvo da pesquisa é formado por famílias com renda mensal de até 40 salários mínimos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.