Creative Commons
Creative Commons

Preços no e-commerce caem 3,59% em novembro ante mesmo mês de 2016, segundo Fipe

Cesta de produtos do comércio eletrônico tende a ser deflacionária porque há uma forte presença de itens de tecnologia

Dayanne Sousa, O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2017 | 18h54

Os preços no comércio eletrônico caíram 3,59% em novembro na comparação com o mesmo mês de 2016, de acordo com o do Índice FIPE Buscapé. Na comparação com o mês de outubro, os preços retraíram 0,07%.

O resultado de novembro marca o 12º mês de queda no indicador na comparação anual. A tendência, segundo o FIPE Buscapé, é de que o indicador encerre o ano de 2017 com uma deflação de 2,5%.

A cesta de produtos do comércio eletrônico tende a ser deflacionária porque há uma forte presença de itens de tecnologia. O ritmo de lançamentos nesse setor faz com que os preços de um produto caiam quando chega ao mercado um item superior na mesma categoria.

++ E-commerce recebe mais visitantes, mas taxa de conversão permanece estagnada

Essa tendência de queda dos preços no e-commerce só foi interrompida ao longo de meados de 2015 e em 2016, quando a crise econômica e a volatilidade cambial afetaram preços. 

Mais conteúdo sobre:
Comércio Eletrônico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.