Preços no varejo do RJ subiram 1,44% em maio

O Índice de Preços do Comércio Varejista Amplo (IPCV-Amplo) subiu 1,44% em maio no Município do Rio de Janeiro, de acordo com pesquisa divulgada hoje pelo Instituto Fecomércio-RJ. Segundo a entidade, foi a maior alta registrada desde abril de 2003, quando o índice atingiu elevação de 1,64%. Em abril, o IPCV-Amplo tinha apresentado queda de 0,61%. Com o resultado de maio, o IPCV-Amplo passa a acumular variação positiva de 0,12% nos primeiros cinco meses deste ano; nos últimos 12 meses, os preços subiram 0,94%, em média.Em comunicado, o diretor do Instituto, Luiz Roberto Cunha, explica que todos os grupos de produtos pesquisados apresentaram alta nos preços, o que também não ocorria desde abril de 2003. Ele destacou o aumento de 0,63% nos preços de Alimentação, "grupo que tem peso expressivo na formação do índice e que vinha registrando variações negativas desde fevereiro", segundo a nota.De acordo com o instituto, a maior alta de preços em maio foi registrada no grupo Veículo: 4,69%, ante queda de 0,50% de abril. Em maio, o comportamento do grupo foi influenciado pelas seguintes altas de preços: automóveis usados (6,37%) e acessórios e peças (4,47%). Em contrapartida o grupo Despesas Pessoais apresentou a menor variação entre os segmentos no mês: 0,35%, sendo que artigo de papelaria foi o item que mais encareceu (3,09%).Todos os outros grupos apresentaram elevações de preço, ante abril, como Saúde e Higiene Pessoal (2,33%), Manutenção Predial (1,02%), Artigos de Residência (0,66%), Alimentação (0,63%) e Vestuário (0,44%). Segundo o instituto, para a apuração do IPCV-Amplo são coletados mensalmente 37.840 preços, de 1.892 produtos, em 720 pontos comerciais. A população alvo é integrada por famílias com rendimento de até 40 salários mínimos.

Agencia Estado,

04 de junho de 2004 | 12h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.