Preços no varejo em SP sobem 1,11% na 1ª quadrissemana de abril

O Índice de Preços no Varejo (IPV) calculado pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio) apresentou alta de 1,11% na primeira quadrissemana de abril. Em março, os preços cobrados nos estabelecimentos varejistas do Estado subiram, em média, 0,72%, segundo o IPV, ante alta de 0,39% registrada em fevereiro. De acordo com o gerente da Assessoria econômica da Federação, Oiram Corrêa, os preços apresentaram um comportamento similar ao do final do mês passado.Nesta primeira quadrissemana de abril, o grupo que mais contribuiu para a alta do IPV foi o Materiais de Construção, com avanço de 3,63%. Apesar deste ganho, houve desaceleração em relação à semana anterior, de 0,61%. O grupo Duráveis subiu 1,32% neste primeiro levantamento do mês, com alta em Eletrodomésticos (1,35%) e Móveis e Decorações (1,14%). Em Semiduráveis, a variação foi de 0,73%, com a composição de Vestuário (0,10%), Tecidos (2,73%) e Calçados (-0,40%).Em Não-Duráveis, houve avanço de 0,84%. Este grupo é formado por produtos alimentícios (0,93%), produtos de higiene (-1,89%), produtos de limpeza doméstica (-1,94%) e produtos farmacêuticos (3,44%). Tanto autopeças (1,76%) quanto veículos novos (1,57%) contribuíram para que o grupo Comércio de Automotivos apresentasse alta de 1,70%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.