Prefixados: maior captação em agosto

No mês de agosto, dados da Anbid - Associação Nacional dos Bancos de Investimento - revelam que os fundos de renda fixa prefixada apresentaram a maior captação de recursos dentro do segmento. De acordo com pesquisa de Nívea Vargas, no acumulado do mês, a captação líquida foi de R$ 1,588 bilhão. Já os fundos DI, que acompanham as taxas de juros, voltaram a perder recursos. Os números mostram uma saída de R$ 1,152 bilhão. O resultado demonstra a expectativa dos investidores em relação à tendência de queda da taxa básica de juros - Selic - que, caso se confirme, pode aumentar a rentabilidade dos fundos de renda fixa prefixada. O rendimento desses fundos vai depender da "duration" (o prazo de vencimento) dos papéis que compõem a carteira do investimento. Em um cenário de corte de juros, quanto mais longos os prazos desses papéis, maiores as chances de ganhos. Porém, o risco também é elevado. Veja mais informações sobre os riscos dos fundos de renda fixa prefixados no link abaixo. Fundos de ações perdem recursosApesar dos bons fundamentos da economia e da queda da rentabilidade das aplicações atreladas às taxas de juros, os fundos de ações ainda não começaram a atrair os investidores. No acumulado de agosto, R$ 7,96 milhões saíram desse tipo de aplicação. O investidor brasileiro não tem o hábito de colocar recursos no mercado acionário, seja pela compra de papéis de empresas ou pela colocação de capital em fundo de ações. Em épocas de juros altos, o investidor conseguia rendimentos elevados, sem ter que aceitar os riscos de uma aplicação em ações. De acordo com os analistas, os recursos devem migrar de renda fixa para renda variável de forma lenta e gradativa. A tendência é que o cliente, antes de investir em ações, transfira seus recursos para aplicações com perfil menos agressivo, como os fundos multicarteira, que misturam ativos de renda fixa e variável. O risco é menor, em relação a um fundo de ações, mas pode permitir um ganho maior, em relação aos fundos de renda fixa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.