Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Prefixados no estoque da dívida estão abaixo da meta

Faltando três meses para acabar o ano, o Tesouro Nacional precisará se esforçar para atingir o piso da meta para a participação de títulos prefixados no estoque da Dívida Pública Federal (DPF). Dados divulgados hoje mostram que a fatia dos prefixados na DPF atingiu 35,24% em setembro. Em agosto, foi de 34,82%. Apesar do crescimento de um mês para outro, a participação ainda está fora do mínimo de 36% definido pelo Tesouro como meta para 2011.

FABIO GRANER E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

24 de outubro de 2011 | 15h50

Em setembro, mês marcado pela reversão da tendência de alta da taxa básica de juros, a Selic, foram vendidos R$ 15,8 bilhões em papeis prefixados a mais do que os vencimentos de agosto. . Os títulos atrelados ao IPCA vieram na sequência, com emissão líquida de R$ 3,8 bilhões. Os papéis vinculados à taxa Selic, por sua vez, tiveram resgate líquido de R$ 6,3 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
títulosdívida pública

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.