finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Prejuízo da TIM sobe 30% para R$ 121 mi no 3º trimestre

A empresa de telefonia celular TIM Participações apresentou no terceiro trimestre deste ano um prejuízo líquido de R$ 121,8 milhões, com um aumento de 30% em relação resultado também negativo de R$ 93,768 milhões em igual intervalo do ano passado. Entre janeiro e setembro deste ano, a operadora móvel anotou uma perda líquida de R$ 107,287 milhões ante um prejuízo de R$ 420,569 milhões nos nove primeiros meses do ano passado, o que representa uma recuperação de 74,5% em relação às perdas anteriores.A empresa segue na reclassificação de seus balanços referentes a 2006, de modo a permitir uma melhor comparação entre os períodos. Segundo a TIM, o principal impacto sobre o resultado líquido deste trimestre foi o aumento da inadimplência, "resultante da baixa de contas a receber relativas a vendas parceladas de aparelhos".Desconsiderando-se tais efeitos não recorrentes, a empresa teria anotado um lucro líquido de R$ 51,5 milhões no trimestre, "representando uma reversão de R$ 145,3 milhões em relação ao prejuízo registrado no terceiro trimestre de 2006".A geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, Imposto de Renda, depreciação e amortização) foi de R$ 547,281 milhões no trimestre, cifra 4,9% inferior à apurada um ano antes. A margem Ebitda ficou em 17,3%, abaixo dos 21,1% do exercício anterior.A receita líquida da TIM Participações se comportou de maneira inversa e subiu 16,3% frente ao terceiro trimestre de 2006, para R$ 3,163 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.