Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Premiê chinês defende crescimento econômico saudável

A China tem as bases para sustentar um crescimento econômico saudável, afirmou Li Keqiang, primeiro-ministro do país, prometendo seguir adiante com reformas em todos os setores da economia. Segundo a rádio estatal chinesa, Li disse que o país tem um enorme potencial no consumo doméstico e que o governo quer consolidar a melhora econômica observada recentemente.

AE, Agencia Estado

21 de outubro de 2013 | 10h17

Os comentários do premiê, feitos depois de uma reunião do governo, seguiram-se a relatos no domingo de que o Conselho Estatal expressou confiança nas metas de crescimento deste ano, embora tenha alertado que as bases da recuperação ainda não são sólidas. O Conselho Estatal também destacou a importância da continuação das reformas.

O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 7,8% no terceiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, em linha com as expectativas dos analistas e acima da expansão anual de 7,5% registrada no segundo trimestre. Fonte: Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
chinaeconomiacrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.