Prêmio Nobel critica ?submissão argentina?

O argentino Adolfo Perez Esquivel, prêmio Nobel da Paz de 1980, criticou o que qualificou de ?relação de submissão? do governo de seu país com os Estados Unidos, em conferência que tratou da dívida externa dos países durante o Fórum Social Mundial.Também disse que há uma pressão dos organismos internacionais, que condicionam a ajuda financeira ao ingresso da Argentina na Área de Livre Comércio das Américas (Alca) e ao voto contrário à inclusão de Cuba no bloco.Num rápido balanço da derrocada argentina, Esquivel revelou ter alertado o então presidente Fernando De La Rúa de que ?o chão estava sendo regado com gasolina e, à menor faísca, a situação iria explodir? um mês antes de ser deflagrada o que chamou de ?rebelião das panelas?.Para o conferencista, a atual crise da Argentina é resultado de privatizações, congelamento de fundos, dolarização e dependência econômica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.