Preocupação com China derruba índice de ações europeias

As ações de empresas ligadas a commodities lideraram as perdas nos mercados acionários da Europa nesta terça-feira, diante de preocupações com a desaceleração do crescimento da China e dados mistos da economia norte-americana.

REUTERS

20 de março de 2012 | 14h51

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 1,10 por cento, a 1.093,45 pontos. Na semana passada, o indicador atingou a máxima em oito meses.

O índice deve se estabilizar no nível de 1.090 -a máxima em fevereiro- mas uma interrupção convincente desse patamar poderia levar o índice a cair para cerca de 1.080, que representa um nível próximo a sua média-móvel de 20 dias, disse um analista técnico.

O FTSEurofirst se afastou de níveis quase sobrecomprados de acordo com sua força relativa de 14 dias, mas estrategistas não observam os índices europeus direcionando-se a uma correção mais marcada.

Andrew King, chefe de ações europeias no BNP Paribas Investment Partners, disse que embora os preços não estejam a níveis tão baixos quanto já estiveram, ele espera que as ações tenham maiores oportunidades de retorno -as proporções de preços sobre ganhos (P/E, em inglês) previstas para doze meses no futuro para o FTSE 100 (.FTSE) e para o índice alemão DAX saltaram de cerca de 8,5 vezes para aproximadamente 10,5 vezes nos últimos seis meses.

"Geralmente quando analisamos o espectro de classes de ativos, ações ainda parecem a classe de preços mais atrativos", disse.

Entre os papéis que tiveram piores performances na sessão desta terça-feira, estão o BHP Billiton, que caiu 4,1 por cento após ter levantado preocupações sobre uma desaceleração na China, onde vê evidência de um "achatamento" da demanda por minério de ferro.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 1,17 por cento, a 5.891 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,39 por cento, para 7.054 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,32 por cento, para 3.530 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,05 por cento, para 16.953 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 0,28 por cento, para 8.567 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,61 por cento, para 5.643 pontos.

(Por David Brett)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.