Preocupações com economia fazem Nikkei 225 cair

Os investidores da bolsa de Tóquio temem que a economia japonesa não se recupere tão rapidamente quanto o esperado e decidiram se desfazer de parte dos papéis adquiridos nos últimos quatro pregões de alta. Depois de ganhos acumulados de 12%, o índice Nikkei 225 terminou o dia em queda de 0,89%. A exceção do dia foram as ações do setor bancário, com destaque para as do Mizuho Holdings Inc., que subiam 3,7%. Nas Filipinas, o mercado fechou praticamente estável, com ligeira queda de 0,08%. O mercado não levou em consideração os dados favoráveis sobre a inflação divulgados antes da abertura do pregão. O Índice de Preços ao Consumidor filipino em fevereiro subiu 3,40%, contra a previsão dos economistas de 3,88% e os 3,80% de alta em janeiro. A alta de 2,10% do índice Dow Jones e de 3,14% do Nasdaq impulsionaram os negócios em Taiwan, que encerrou os negócios em +1,42%. Papéis do setor de semicondutores lideraram a alta. Em Seul, o bom resultado em Nova York fez com que os investidores estrangeiros procurassem ações de tecnologia, que registraram as maiores altas do pregão. O índice Kospi encerrou o dia em alta de 0,93%. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +2,43%; Indonésia: +1,17%; Malásia: +1,45%; Tailândia: -1,51% e Cingapura: +0,35%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.