coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Preocupações com EUA derrubam bolsa de Tóquio

A Bolsa de Tóquio fechou com o índice Nikkei-225 em queda de 68,32 pontos (0,60%), em 11.370,21 pontos, pressionada pela proximidade do vencimento dos contratos de junho no mercado futuro e com preocupações em relação ao mercado financeiro norte-americano. Na sexta-feira, o índice Dow Jones terminou em queda de 0,4%, enquanto o Nasdaq encerrou em baixa de 1,2%. Entre as ações de tecnologia, caíram as da NEC (-0,4%) e da Kyocera (-0,9%). Os papéis da Oracle Corp. Japan recuaram 5,4% depois que a subsidiária japonesa da gigante norte-americana rebaixou suas estimativas de faturamento e lucro para o trimestre terminado em 31 de maio. A Oracle Japan baseou sua redução das estimativas de resultado nos cortes de investimentos das empresas em meio a um desaquecimento econômico doméstico. As ações da NTT DoCoMo caíram 2,5%, reagindo à notícia de que a empresa está perdendo participação de mercado. Em maio, a DoCoMo ganhou 139 mil assinantes, passando ao terceiro lugar, atrás da KDDI e da J-Phone. Os papéis da Mizuho Holdings subiram 1,2% com as notícias de que o banco poderá acelerar seu processo de reestruturação. O Yomiuri Shimbun informou, no final de semana, que a Mizuho pode cortar 5 mil funcionários, ou cerca de 17% de sua força de trabalho, e fechar 130 de suas 618 agências até março do próximo ano - uma antecipação de dois anos em relação aos planos iniciais. O Topix, barômetro amplo do movimento de todos os papéis da primeira etapa da sessão, fechou em queda de 8,84 pontos (0,8%), em 1.093,03 pontos.Alta no resto da ÁsiaA maioria das principais Bolsas asiáticas fechou em alta no primeiro pregão da semana. O índice Kospi, na Coréia do Sul, foi destaque, subindo 16,74 pontos (2,11%), para encerrar em 811,90 pontos, com expectativas para mais ganhos após o vencimento simultâneo dos contratos de opções e de futuros sobre índices de ações e de opções de ações individuais, na quarta-feira. Os papéis da Hynix Semiconductor, que caíram 9%, foram os mais negociados do mercado. Em Taiwan, o índice Weighted avançou 66,31 pontos (1,22%), em 5.499,33 pontos, com correção das perdas registradas no pregão da sexta-feira. Apesar de o índice ter fechado em alta, ainda persistem as incertezas em relação ao mercado acionário norte-americano e à relativa fraqueza no desempenho das ações da Taiwan Semiconductor Manufacturing, que encerrou estável pelo segundo dia seguido. O índice Hang Seng, em Hong Kong, fechou sem tendência definida, em leve alta de 4,13 pontos (0,04%), em 11.288,84 pontos, no aguardo de mais detalhes - com divulgação marcada para sexta-feira - sobre as vendas de ações do Tracker Fund no terceiro trimestre. Em Cingapura, o índice Straits Times fechou em alta de 11,99 pontos (0,73%), em 1.664,44 pontos, enquanto o índice PSE, nas Filipinas, subiu 9,93 pontos (0,78%), para fechar em 1.284,80 pontos. Na Tailândia, o índice Thai SET avançou 6,32 pontos (1,51%), para encerrar em 423,65 pontos, enquanto o KLSE, na Malásia, fechou estável, em leve alta de 0,02 ponto, em 755,23 pontos. O índice JSX Composto, na Indonésia, fechou em queda de 2,66 pontos (0,52%), em 511,36 pontos.

Agencia Estado,

10 de junho de 2002 | 09h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.