Presidenciável argentino quer moeda única no Mercosul

A criação de uma moeda única para o Mercosul (Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai maisos associados Chile e Bolívia), batizada de "americano", é a proposta do pré-candidatoà Presidência Adolfo Rodríguez Saá, do Partido Justicialista.Liderando as pesquisas de opinião e a disputa interna de seu partido, o ex-presidente do país por uma semana já encomendou um estudo sobre o "americano".Durante sua rápida passagem pela Casa Rosada, Rodríguez Saá propôs a criação do "argentino" logo depois de ter declarado o default, como se estivesse anunciando a vitória da Argentina sobre a recessão de quatro anos. Ele também é autor de propostas como rever todas as leis dopaís e investigar a dívida externa argentina.Para ele, "das 15 mil leis vigentes, uma decada três é um ninho de corrupção".

Agencia Estado,

16 de outubro de 2002 | 18h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.