Presidente da Braskem deixa o cargo; Gradin assume

A petroquímica Braskem informou hoje, por meio de comunicado ao mercado, que José Carlos Grubisich deixará a presidência da empresa, com a indicação de Bernardo Gradin para substituí-lo. Grubisich, que liderou os negócios da Braskem desde a criação da empresa, em 2002, assumirá a presidência da ETH Bioenergia, empresa de açúcar e álcool controlada pelo Grupo Odebrecht, controlador da Braskem. Gradin, formado em Engenharia Civil, está na Odebrecht desde 1987, recentemente como líder da Odebrecht Investimentos e Infra-estrutura (OII). Ele também atuou na presidência da Trikem, uma das empresas posteriormente integradas à Braskem.Segundo a Braskem, Gradin participou de todo o processo de criação e formulação estratégica da empresa, formada a partir da integração de vários ativos petroquímicos.

AE, Agencia Estado

03 de julho de 2008 | 08h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.