Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Presidente da Comissão Especial quer blindar discussões sobre reforma de polêmica envolvendo Moro

Marcelo Ramos participa nesta terça-feira, 11, do Fórum dos Governadores, em Brasília; previsão é que relatório da proposta seja apresentado na quinta-feira, 13

Eduardo Rodrigues e Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2019 | 08h58

BRASÍLIA - O presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), disse nesta terça-feira, 11, que vai conversar com líderes da minoria e da oposição para tentar blindar a discussão sobre a proposta das polêmicas em torno do vazamento de conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro

"Farei reuniões hoje com líderes da oposição para tentar blindar a pauta econômica. Acho inclusive que um movimento de obstrução na Previdência agora tiraria o foco do debate sobre Moro", disse o parlamentar, ao chegar ao Fórum dos Governadores, em Brasília. No encontro, governadores de todo o País vão apresentar uma carta em que pedem ao Congresso que mantenha os Estados na proposta de reforma.

Ramos confirmou que o relatório da reforma será apresentado na Comissão Especial na próxima quinta-feira, 13. Com o pedido de vistas regimental, a expectativa é de que as discussões sobre o texto do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) comecem na quarta-feira da próxima semana, 19, apesar de ser véspera de feriado.

"A velocidade da discussão dependerá da existência de obstrução e do próprio acordo entre os parlamentares em torno do texto. Acredito que a votação do relatório na comissão ocorra na primeira semana de julho", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.