Presidente da Nestlé quer recorrer da decisão do Cade

O presidente da Nestlé do Brasil, Ivan Zurita, afirmou há pouco que vai estudar ainda hoje a possibilidade de recorrer na justiça comum da decisão do Cade de reprovar a compra da Garota pela Nestlé. "O processo não terminou. Vamos tomar as medidas necessárias e cabíveis", disse.Zurita, que acompanhou o julgamento do processo no plenário do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, lamentou a decisão porque, segundo ele, a fábrica da Garoto no Espírito Santo poderá demitir funcionários.De acordo com a decisão do Cade, a Nestlé terá que vender os ativos comprados da Garoto devido à alta concentração de mercado. Por isso Zurita disse não saber se o novo comprador manterá os funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.