Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Presidente da Oi comemora cumprimento de cronograma

Executivo se referiu ao prazo limite que havia sido acertado com a BrT para o fechamento do negócio

DANIELE CARVALHO, Agencia Estado

19 de dezembro de 2008 | 00h09

Pouco depois da aprovação da Anatel, o presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco, se disse satisfeito com o fato de "datas importantes do processo de aquisição terem sido cumpridas". O executivo se referiu ao prazo limite de 21 de dezembro que havia sido acertado contratualmente com a Brasil Telecom para o fechamento do negócio. Caso este prazo fosse estourado, estava previsto pagamento de multa de R$ 450 milhões.   Veja também: Anatel dá aval à compra da BrT pela Oi com restrições Presidente da Oi comemora cumprimento de cronograma Entenda o processo de fusão das duas empresas  Perguntado sobre os próximos passos da Oi para a concretização da fusão, Falco afirmou que as decisões só poderão ser tomadas após o conhecimento do texto final da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que deve se tornar público hoje. "Preciso ver as condicionantes do texto. Só depois disso é que poderemos saber quais serão os próximos passos a serem tomados", disse ele. Apesar da vitória obtida ontem, o presidente da Oi admitiu que "o processo ainda não terminou". Ele não descarta contestações futuras , pois "as pessoas têm o direito democrático de questionar o que acham que deve ser questionado, mas acho que é sabida a importância da criação de uma grande empresa de telecomunicações brasileira para o País", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
TelecomFalco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.