Presidente da Petrobras prevê que empresa exportará em 2006

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, afirmou hoje que a estatal se tornará exportadora de petróleo e derivados a partir de 2006. "Fomos superavitários no primeiro trimestre (de 2005), exportamos mais do que importamos. Foi a primeira vez que isto aconteceu num trimestre, tanto em volume quanto em valor. Exportamos US$ 1,4 bilhão e importamos US$ 1,3 bilhão", lembrou o executivo, ressaltando que ainda não é possível saber se, no fechamento do ano, a balança da empresa seguirá essa tendência.Segundo ele, o resultado vai depender do saldo do terceiro trimestre, tradicionalmente um período de aumento de demanda de combustíveis no País, devido à movimentação de caminhões no escoamento de safra agrícola. "Também há um segundo elemento importante que é a diferença de preço entre petróleo leve e pesado. Às vezes, quando essa diferença é muito grande, é mais vantagem importar óleo leve", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.