Presidente da TAM diz que empresa não foi sondada sobre Varig

O presidente da TAM Linhas Aéreas, Marco Antonio Bologna, afirmou , no final da solenidade de posse do ministro da Defesa e vice-presidente, José Alencar, nesta segunda-feira, que a empresa ainda não participou de nenhuma sondagem para participar de uma possível reestruturação da companhia Varig. "A TAM é uma empresa que tem suas decisões estratégicas e avalia as oportunidades na medida que elas surgem", disse ele, acrescentando que preferia não falar em hipóteses sobre o destino da concorrente. Ele afirmou que está otimista com relação a retomada da atividade do setor aéreo, apesar de admitir que o custo do querosene da aviação, em razão da alta do dólar no mercado internacional, é um grande problema para o setor. Segundo ele, até outubro passado houve um crescimento de 12% no mercado doméstico, em relação ao mesmo período de 2003. Para 2005 o executivo prevê um crescimento de 10%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.