Presidente da Vale promove mudanças na diretoria executiva

Seis meses depois de assumir, o presidente da Vale, Murilo Ferreira, decidiu reestruturar a diretoria executiva da companhia e promover pessoas de sua confiança.

MÔNICA CIARELLI / RIO, DAVID FRIEDLANDER / SÃO PAULO, O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2011 | 03h04

Com a reorganização, Tito Martins, que respondia pelas atividades da mineradora no Canadá e disputou com Ferreira a sucessão do ex-presidente Roger Agnelli, passa a ocupar a diretoria de Finanças.

A mudança, que foi antecipada ontem pela Agência Estado, será submetida ao conselho de administração.

A proposta a ser apresentada para o conselho prevê que José Carlos Martins fique com a diretoria executiva de Minério de Ferro e Estratégia; que Eduardo Bartolomeo assuma a área de Fertilizantes e Carvão; Humberto Freitas fique com Logística e Pesquisa Mineral; Peter Popping com a diretoria executiva de Metais Básicos e TI; Galib Chaim com a área de Implantação de Projetos de Capital e Vania Somavilla ficará responsável pela área de Recursos Humanos, Saúde & Segurança, Sustentabilidade e Energia.

A Vale informou ainda que, com a reorganização, três executivos deixam a diretoria executiva da empresa: Mário Barbosa (Fertilizantes); Guilherme Cavalcanti (Finanças e Relações com Investidores) e Eduardo Ledsham (Operações Integradas).

Em nota, a mineradora informou que a reorganização da diretoria executiva tem como objetivo definir um modelo de operação com papéis e responsabilidades mais claros por unidade de negócios.

"Cada diretor executivo será responsável pelo planejamento, desenvolvimento de novos negócios, operação, marketing e vendas. Esse modelo contribuirá para alcançar os objetivos de crescimento e consolidação dos negócios, buscando o fortalecimento da Vale", diz o comunicado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.