AP Photo/Jacquelyn Martin
AP Photo/Jacquelyn Martin

Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Presidente do banco central americano diz que inflação está sob controle

Declaração veio após resultado expressivo de criação de empregos nos Estados Unidos

Francine De Lorenzo, O Estado de S.Paulo

04 de janeiro de 2019 | 15h05

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, afirmou nesta sexta-feira, 4, que os dados econômicos dos EUA sugerem um bom momento para 2019 e que a inflação nos EUA está sob controle, apesar da baixa taxa de desemprego.

Em evento em Atlanta ao lado dos ex-presidentes do banco central americano Janet Yellen e Ben Bernanke, Powell afirmou que o relatório de empregos nos EUA (payroll) divulgado mais cedo foi bastante forte e que, de uma forma geral, 2018 foi um bom ano para a economia americana. Ele pontuou que os números não geram preocupação com a inflação, e observou que a relação entre inflação e aumento salarial é fraca.

Segundo Powell, os mercados financeiros estão precificando os riscos negativos. Ele destacou que o Fed está atento aos indicadores econômicos e "sempre preparado" para ajustar a política monetária, se necessário. "Seremos pacientes em observar a economia", comentou.

Em relação ao balanço da instituição, Powell pontuou que se o Fed concluir que as reduções estão causando problemas nos mercados, poderá rever sua política. "Estamos ouvindo o mercado e, se necessário, não hesitaremos em promover mudanças", afirmou.

Sobre as críticas que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vem fazendo à autoridade monetária, Jerome Powell afirmou que o Fed tem uma forte cultura de não interferência política. Questionado se poderia renunciar caso o presidente americano, Donald Trump, assim pedisse, Powell respondeu que não.

Tudo o que sabemos sobre:
Federal ReservejurosJerome Powell

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.