Presidente do BC terá que ir ao Senado a cada 3 meses

O Plenário do Senado aprovou na sessão de ontem o Projeto de Lei 26/2000 que prevê o comparecimento trimestral do presidente do Banco Central à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa. Pelo projeto aprovado, o presidente da autoridade monetária deverá explicar a programação monetária anual e, a cada três meses, entregar a programação trimestral. Após a aprovação do texto no Plenário, o Projeto volta à Comissão Diretora do Senado para a redação final e, em seguida, retorna ao Plenário para a votação em turno suplementar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.