Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Presidente do BNDES diz que 'o banco tem feito milhares de campeões nacionais'

Paulo Rabello de Castro afirmou que, daqui para frente, a intenção é capilarizar o apoio financeiro para que chegue a 'empreendedores anônimos'

Fernanda Nunes e Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2017 | 11h05

RIO - O presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, chamou de cacoete a ideia de que o banco financie apenas empresas escolhidas como campeãs nacionais. Segundo ele, milhares de companhias foram financiadas ao longo dos 65 anos do BNDES e, daqui para frente, a intenção é "capilarizar" ainda mais o apoio financeiro. 

"O BNDES tornou campeãs inúmeras empresas. A ideia de campeões nacionais é um cacoete com o qual temos que lidar. Funding tem que ser cada vez mais conjugado à disponibilidade nacional e internacional. Tem que ser capilarizado para milhares de empreendedores anônimos", afirmou Rabello, ao abrir o evento de comemoração de aniversário do banco. 

Ele citou como exemplo de medida de capilarização e aproximação do investidor a iniciativa de lançar no próximo dia 26 um canal de disseminação de informações "para estabelecer contato íntimo com milhares de empreendedores anônimos". 

Em seu discurso, o presidente do BNDES ainda defendeu que o País ultrapasse a fase de estabilização econômica, iniciada com o plano Real, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e passe para o estágio de desenvolvimento. 

VEJA TAMBÉM: Associação de funcionários do BNDES lança site sobre polêmica envolvendo a instituição

"Estamos há 23 anos estabilizando. Precisamos trocar esse disco e passar para a etapa que realmente interessa, que é o desenvolvimento. Vamos procurar disseminar cada vez mais a palavra desenvolvimento para que esteja encruada nas cabeças dos empreendedores e de todos aqueles que querem que esse País vá para frente", disse Rabello. 

Tudo o que sabemos sobre:
BNDESEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.