finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Presos mais dois acusados na Operação Kaspar 2

A Polícia Federal prendeu ontem em Curitiba duas pessoas que tentaram sacar dinheiro movimentado pelo grupo preso na terça-feira (dia 6) na Operação Kaspar 2. Ao todo, 22 pessoas já foram presas, entre empresários, doleiros e executivos de bancos suíços e americanos por esquema de evasão de divisas, que teria causado um rombo de R$ 1 bilhão ao Tesouro. Um dos presos de ontem foi autuado em flagrante ao tentar sacar um cheque administrativo no valor de R$ 172 mil. Com ele foi encontrado um outro cheque, no mesmo valor, e dinheiro, que não foi contado pela PF de Curitiba até ontem à noite. A PF acredita que ele faria saques em diferentes agências. O segundo preso teria tentado facilitar o saque, driblando o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Não foram divulgados os nomes dos presos de ontem, mas a PF afirmou que o filho de Claudine, Daniel Spiero, e o suíço Marc Henri Dizerens, do UBS, continuam foragidos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.