Preste atenção

1. Investimento. A crise econômica global interrompeu a trajetória de crescimento da taxa de investimento na economia brasileira em 2008, quando ficou em 18,7% do PIB. Em 2009, a taxa ficou em 16,7%, em vez dos 19,7% projetados.

, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2010 | 00h00

2. Avanço. Projeção do BNDES mostra que a taxa de investimento já superou este ano o nível pré-crise e deverá continuar crescendo nos próximos anos, chegando a 22,2% do PIB em 2014.

3. Caixa. No fim do primeiro semestre deste ano, o BNDES acumulou uma carteira de R$ 317 bilhões, respondendo por 20,5% da oferta nacional de crédito. Entre 2009 e o primeiro semestre deste ano, o banco desembolsou R$ 210 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.