Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Preste atenção

1. Cartões de crédito emitidos a partir de quarta-feira, dia 1.º de junho, terão o porcentual de pagamento mínimo da fatura de 15% (até então o mínimo era de 10%). Esses mesmos plásticos, a partir de 1.º de dezembro, terão o pagamento mínimo elevado para 20%. Os cartões de crédito que já estão ativos sofrerão a elevação do pagamento mínimo para 20% em 1.º de junho de 2012.

, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2011 | 00h00

2. É também a partir de junho que as tarifas cobradas no cartão serão padronizadas. Até agora, havia cerca de 80 custos diferentes, com nomes distintos, o que facilitava, por exemplo, a prática de cobranças indevidas por parte dos administradores dos cartões. A partir da implementação da nova resolução do Banco Central, será permitida a cobrança de apenas cinco tarifas. São elas: anuidade; emissão de 2.ª via do cartão; retirada em espécie na função saque; uso do cartão para pagamento de contas; e no caso de pedido de avaliação emergencial do limite de crédito. Qualquer outra cobrança que constar na fatura do cartão será considerada indevida. Para os plásticos já ativos, mais uma vez, a regra passa a valer apenas a partir de 1.º de junho de 2012

3.Não será permitido o envio de cartão de crédito para o cliente que não solicitou previamente o plástico. A regra já existia, mas acredita-se que a fiscalização será mais intensa agora.

4.Passa a existir, também a partir de junho, dois tipos de cartão: o básico e o diferenciado. O básico terá de praticar o menor valor de anuidade oferecido pela emissora do plástico, não poderá fazer parte de programas de milhagem e pode ser nacional ou internacional. Já o diferenciado terá que, apenas com a cobrança da anuidade, incluir o cliente nos programas de milhagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.