Previ divulga nota sobre investimento em infra-estrutura

A Assessoria de Imprensa da Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil) explicou, em nota divulgada no início da noite de hoje que, ?diferentemente do que foi veiculado por alguns órgãos de imprensa, os presidentes da PREVI, Petros e Funcef não estiveram presentes na reunião ministerial coordenada pelo Presidente da República, nem participaram de qualquer discussão com a Presidência acerca do programa de investimentos a ser apoiado pelo Governo?. A nota destaca também que os presidentes destes três fundos de pensão reforçam o compromisso com os princípios de rentabilidade e consistência com as obrigações atuariais. Em função disso, diz o texto, ?decisões serão tomadas de forma autônoma, conforme o planejamento e as políticas internas de cada entidade?.Os presidentes dos fundos Previ, Petros, e Funcef, que assinam a nota, explicam ainda que ?o próprio Presidente da República afirmou que gostaria de contar com os Fundos de Pensão na condição de investidores institucionais, mas ressaltou de maneira clara e inequívoca que isto só deve ser feito com a garantia de liquidez e de retorno financeiro necessários".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.