Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Previ e BNDESPar farão oferta de ações do BB

A Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) e a empresa de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDESPar) estudam vender ações do Banco do Brasil (BB) em oferta pública ainda este ano. A intenção é vender uma participação entre 3% e 5% do capital total da instituição.A informação foi dada na manhã de ontem em fato relevante do BB à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), assinado pelo vice-presidente de Finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores do banco, Aldo Luiz Mendes. Ele disse, em entrevista ao Estado, acreditar que o mercado está em um bom momento para absorver mais ações do BB, que está se preparando também para ter, em até dois anos, suas ações negociadas em bolsas internacionais, como a de Nova York.O vice-presidente lembrou que o BB precisa aumentar o porcentual de ações em poder do público em cerca de 10% do seu capital até 2009. O motivo é o compromisso que assumiu ao entrar no Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), de ter no mínimo 25% de ações em poder do público naquele ano. Essa proporção estava em 14,8% em dezembro, pelo dado mais recente.As ações do BB caíram ontem 2,85% na Bolsa paulista, para R$ 30,30 (o Índice da Bovespa subiu 0,99% no dia). A queda das ações do banco foi atribuída à notícia da oferta pública. Em operações desse tipo, ocorre uma pressão vendedora, pois os investidores tendem a puxar o preço para baixo, para comprar a ação mais barata na oferta.

Adriana Chiarini e Sílvia Fregoni, O Estadao de S.Paulo

21 de julho de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.