finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Previ fará pesquisa para ampliar empréstimos a participantes

O presidente da Previ (fundo de pensão do Banco do Brasil), Sérgio Rosa, informou hoje à Agência Estado que considerou "positiva" a medida do Conselho Monetário Nacional de ampliar de 10% para 15% a participação dos empréstimos nas carteiras dos fundos de pensão. A Previ é o maior fundo de pensão da América Latina. Segundo ele, a entidade deverá realizar uma pesquisa junto aos seus associados para verificar as necessidades de recursos para a aquisição de imóveis e crédito pessoal, de forma a poder traçar as estratégias de taxas de juros e prazos de financiamento. Ele diz que os financiamentos devem ter retorno que cubram o mínimo atuarial e sejam suficientes para cumprir os compromissos previdenciários (aposentadorias). Segundo ele, cada fundo de pensão traçará sua estratégia específica. Sérgio Rosa entende que as taxas nos empréstimos a participantes serão menores que as praticadas no mercado tradicional de crédito e devem trazer algum estímulo ao consumo.

Agencia Estado,

26 de setembro de 2003 | 19h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.