finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Previ fecha 2004 com saldo positivo de R$ 5,71 bilhões

A Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil) alcançou um superávit (saldo positivo) de R$ 5,71 bilhões em 2004. Com isso, o superávit acumulado do maior fundo de pensão brasileiro subiu para R$ 9,76 bilhões. Os números foram divulgados hoje pelo presidente da Previ, Sérgio Rosa.Os ativos totais da Previ atingiram R$ 70,44 bilhões no final de 2004, com rentabilidade total da carteira de investimentos atingindo 25,62% no ano passado. A meta atuarial (meta para ganho) da Previ era de 15,7%, considerando a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais 6% ao ano.O maior ganho da Previ em 2004 foi na carteira de renda variável, especialmente com a forte valorização das ações da Companhia Vale do Rio Doce, da qual a Previ tem o maior número de ações ordinárias (com direito a voto). A carteira de renda variável da Previ em dezembro de 2004 estava avaliada em R$ 41,65 bilhões; a carteira de renda fixa era de R$ 2,56 bilhões e as operações com participantes de R$ 3,16 bilhões.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2005 | 18h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.