coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Prévia do IGP-M indica inflação de 0,17%

A primeira prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) referente ao mês de março ficou em 0,17%, segundo informou nesta quarta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os índices que compõem o IGP-M apresentaram as seguintes variações no período: Índice de Preços por Atacado (IPA), 0,16%; Índice de Preços ao Consumidor (IPC), 0,09%; Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), 0,47%.O IPA passou de uma deflação de 0,48% na primeira prévia do IGP-M em fevereiro para uma inflação de 0,16% na primeira prévia de março. O IPA agrícola, nesta primeira prévia do mês, ficou em 0,10% e o industrial, em 0,19%. Já o IPC caiu de 0,36% na primeira prévia de fevereiro para 0,09% na primeira prévia de março.Entre os grupos, a maior queda foi a do setor de educação, leitura e recreação, que passou de uma alta de 2,91% para uma pequena deflação, de 0,08%, na comparação entre os dois períodos. A maior deflação entre os grupos em março foi a do vestuário, categoria em que os preços recuaram 1,10%.Os grupos de transportes e despesas diversas também tiveram deflação. transportes registrou variação negativa de 0,31% e despesas diversas, de -0,12%. A deflação no grupo de transportes na primeira prévia de fevereiro, porém, foi ainda mais profunda, de -2,88%. E o grupo habitação passou de 0,96% na primeira prévia de fevereiro para 0,16% na primeira prévia de março. O grupo de alimentação variou 0,37% e o de saúde e cuidados pessoais, 0,45%, na primeira prévia de março do IGP-M.

Agencia Estado,

06 de março de 2002 | 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.