Previdência antecipará benefícios a flagelados no Rio

O Ministério da Previdência Social anunciou hoje duas medidas para atender as vítimas das enchentes em sete municípios do Rio de Janeiro. O calendário de pagamento dos beneficiários será antecipado para o dia 25 - normalmente, os valores são pagos nos últimos cinco dias úteis do mês. Além disso, segundo o ministro Garibaldi Alves, um mês de benefício será antecipado. O dinheiro será devolvido em 36 parcelas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com dois meses de carência.

EDNA SIMÃO, Agencia Estado

19 de janeiro de 2011 | 13h11

As medidas foram anunciadas durante a solenidade de posse do novo presidente do INSS, Mauro Luciano Hauschild. Ele substitui Valdir Simão, que atualmente é secretário de Fazenda do Distrito Federal. Segundo Hauschild, a antecipação dos benefícios vai atender 145.605 pessoas dos municípios de Bom Jardim, Nova Friburgo,Teresópolis, Areal, Petrópolis, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro. "O impacto (se referindo à medida) afeta 145.605 beneficiários que representam R$ 114 milhões aproximadamente", afirmou.

Hauschild informou que o benefício antecipado estará disponível dentro de 20 dias, a contar de hoje. "Estamos finalizando o processamento individualizado de cada um dos 145 mil. Temos de identificar toda a rede bancária onde esses benefícios são pagos", explicou. O presidente do INSS afirmou ainda que poderão se beneficiar dessa medida aqueles que recebem benefícios de forma permanente. "Todo o procedimento é automático. Não é preciso procurar o INSS".

Tudo o que sabemos sobre:
PrevidênciabenefíciosflageladosRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.