Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Previdência complementar cresce 19% em janeiro, diz FenaPrevi

Segmento fechou o mês de janeiro com R$ 4,7 bilhões de arrecadação, segundo a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida

Agência Estado,

29 de março de 2012 | 12h19

A previdência privada aberta iniciou o ano em expansão. O segmento fechou o mês de janeiro com R$ 4,7 bilhões de arrecadação, aumento de 19,27% ante o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados hoje pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi).

De acordo com a entidade, os planos empresariais foram o destaque entre as carteiras, com aportes de R$ 694,8 milhões, crescimento de 34,02%. Já os planos individuais tiveram alta de 17,55% e arrecadação de R$ 3,9 bilhões. Os aportes nos planos para menores registraram R$ 138,4 milhões, alta de 5,05%.

Em nota à imprensa, o presidente da FenaPrevi, Marco Antônio Rossi, destaca que o avanço dos planos empresarias reflete a integração crescente da previdência complementar aos pacotes de benefícios das empresas, que precisam reter mão de obra qualificada.

Entre as modalidades de planos, a maior arrecadação foi registrada na carteira de VBGL, que contabilizou ingresso de R$ 3,9 bilhões, alta de 19,36% na comparação com janeiro de 2011. A arrecadação dos planos PGBL cresceu 24,90% e movimentou R$ 570,6 milhões.

De acordo com o balanço, as seguradoras administram atualmente 11,04 milhões de contratos ativos em previdência privada. O número de titulares de planos que já usufruem a aposentadoria privada ultrapassou 100 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
previdênciafinançasFenaprevi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.