Previdência nega fiscalização em fundo de pensão do BC

A Secretaria de Previdência Complementar do Ministério da Previdência divulgou hoje uma nota negando que tenha enviado semana passada uma equipe de fiscalização ao Centrus, o fundo pensão dos funcionários do Banco Central. A informação sobre a fiscalização foi publicada hoje no jornal Correio Braziliense. Conforme a nota, a informação é "completamente equivocada e sem fundamento". O documento diz ainda que o jornal, "estranhamente", não procurou a secretaria para checar as informações.

Agencia Estado,

28 Julho 2003 | 16h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.