finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Previdência suspende benefícios de 65 mil segurados

O Ministério da Previdência publicou nesta terça-feira mais um edital de suspensão de benefícios, dos aposentados e pensionistas que não compareceram para responder ao Censo Previdenciário. Segundo informações do Ministério, este é o sétimo edital de suspensão, com 65,3 mil nomes de aposentados e pensionistas com final de benefício 3, que foram convocados para o Censo em junho de 2006. Os segurados só receberão o pagamento de outubro, depois que fizerem o Censo em uma agência do banco pagador do benefícioO edital com os nomes foi publicado em um jornal de grande circulação em cada Estado do País e está disponível também na página do Ministério da Previdência Social na Internet. Segundo a Previdência, o pagamento será apenas bloqueado, sem qualquer prejuízo para os beneficiários que deixaram de fazer o Censo por falta de informação. Para o benefício ser reativado, basta atualizar os dados cadastrais, na própria agência bancária em que o beneficiário for sacar o pagamento.O Censo Previdenciário começou em outubro de 2005. Para a primeira etapa, foram selecionados 2,4 milhões de benefícios, considerados pelo INSS como mais vulneráveis a eventuais fraudes, por conterem informações incompletas. Para a segunda etapa foram chamados 14,7 milhões de beneficiários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.