Previdência suspende mais 50 mil benefícios

O Ministério da Previdência Social publicou nesta quinta-feira o segundo edital de suspensão de benefícios do Censo Previdenciário. Ele suspende 50.127 benefícios de segurados convocados em novembro de 2005 e que não compareceram às agências bancárias para atualizar seus dados cadastrais até 31 de março. Segundo nota divulgada pelo Ministério da Previdência, os segurados com os benefícios suspensos só receberão o pagamento de abril depois que fizerem o Censo em uma agência do banco pagador do benefício. O edital com os nomes está disponível na página do Ministério da Previdência na internet. A Previdência informa ainda que na próxima semana publicará outro edital suspendendo 36.408 beneficiários, que foram convocados por carta para o Censo Previdenciário, mas tiveram a correspondência devolvida pelos Correios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.