Previsão de inflação para este ano cai mais uma vez

As projeções do mercado financeiro para a inflação em 2007 baixaram mais uma vez. A expectativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - usado como referência para a meta de inflação - caiu de 3,97% para 3,94% em pesquisa semanal do Banco Central (BC) divulgada nesta quarta-feira, 21. Para 2008, as projeções para o índice ficaram estáveis em 4% pela quinta semana seguida. As previsões continuam abaixo da meta central de 4,50% fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para a inflação neste ano e no próximo. A expectativa para a taxa básica de juros, a Selic (atualmente em 13% ao ano), em março ficou estável em 12,75% ao ano. O porcentual estimado embute uma expectativa de que o Comitê de Política Monetária (Copom) voltará a cortar os juros em 0,25 ponto porcentual na reunião dos dias 6 e 7 de março. Para o final do ano, as projeções de juros também não mudaram e prosseguiram em 11,50%. As estimativas de taxa média de juros para este ano permaneceram estáveis em 12,16% ao ano. Para o final de 2008, as previsões de juros ficaram inalteradas em 10,50% ao ano. As estimativas de taxa média de juros para o próximo ano, em contrapartida, recuaram de 11,15% para 11,10%.CrescimentoJá as projeções do mercado financeiro para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano ficaram estáveis em 3,50%. Estas previsões vêm se mantendo estáveis por 25 semana seguidas.As estimativas de expansão da produção industrial neste ano também não mudaram e prosseguiram em 4% pela 10ª semana consecutiva. Para 2008, as projeções de aumento do PIB ficaram inalteradas em 3,50% pela quinta semana seguida. As estimativas de crescimento da produção industrial no próximo também não mudaram e continuaram em 4,50%.CâmbioPara a taxa de câmbio no final deste mês, as estimativas caíram de R$ 2,12 para R$ 2,11. Para o final deste ano, as projeções de taxa de câmbio caíram de R$ 2,18 para R$ 2,15. As estimativas de taxa média de câmbio para este ano recuaram na mesma pesquisa de R$ 2,16 para R$ 2,15.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.