Previsão de IPCA no ano aproxima-se de centro da meta

Mercado projeta inflação de 4,45% em 2008, apenas 0,05 ponto abaixo do centro da meta do governo

Reuters,

28 de janeiro de 2008 | 10h29

O mercado financeiro elevou seus prognósticos para a inflação do Brasil em 2008 e em 2009, colocando a taxa prevista para este ano próxima ao centro da meta, segundo relatório Focus do Banco Central divulgado nesta segunda-feira, 28.  A previsão para a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) neste ano aumentou de 4,37% na semana passada para 4,45% nesta.  O prognóstico para 2009 passou de 4,15 para 4,20%. O centro da meta perseguido pelo governo para ambos os anos é de 4,5%.  A estimativa para a taxa básica de juros no País, a Selic (atualmente em 11,25% ao ano) no final de 2008 foi mantida em 11,25%, o que significa que o mercado descarta mudanças nos juros no ano. Para 2009, a projeção aumentou de 10% para 10,25%.  O prognóstico para o crescimento econômico neste ano permaneceu em 4,50%, enquanto para 2009 foi ajustado de 4,03% na semana passada para 4% agora.

Mais conteúdo sobre:
FocusInflaçãoPIBJuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.