Previsão de safra de abril cai 3,7% sobre março, anuncia IBGE

A previsão de safra de abril, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta uma queda de 3,7% na produção total em relação à última pesquisa feita pelo Instituto e queda de 2,2% com relação a 2003. Segundo o IBGE, é esperada a produção este ano de 120,9 milhões de toneladas, ante 123,6 milhões de toneladas em 2003. No levantamento anterior, a previsão era de uma produção total de 125,5 milhões.O Instituto ainda informou que a perda de 4,6 milhões de toneladas entre os levantamentos se deve, em sua maior parte, à quebra na safra de soja. A cultura foi muito prejudicada pelas variações climáticas nas regiões Sul e Centro-Oeste, que tiveram reduções de 9,86% e 3,46%, respectivamente, na produção de soja. No Rio Grande do Sul a queda com relação à pesquisa de março foi de 20,65%. No Mato Grosso do Sul, a queda foi de 14,86% e, em Santa Catarina, a queda chegou a 15,83%.Produtos em destaqueA quarta previsão de safra do IBGE para 2004, divulgada hoje, registrou destaque para as variações nas estimativas de produção de quatro produtos com relação ao levantamento anterior. Além da soja, que caiu 4,91% e puxou para baixo toda a expectativa de produção, o algodão herbáceo em caroço teve aumento da estimativa de 5,27%.Já as safrinhas de feijão e de milho tiveram queda respetivamennte de 4,53% e 10,13%. Especificamente sobre o milho, o IBGE informou que a redução observada em abril decorre principalmente das estiagens que atingiram entre janeiro e fevereiro. No Paraná, onde a produção deve atingir a 4,1 milhões de toneladas, a estimativa caiu 5,98% com relação ao levantamento em março e registrou queda de 32,75% com relação a 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.