carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Previsão do mercado para a inflação tem ligeira queda

As projeções de mercado para o IPCA de 2003 recuaram de 12,39% para 12,28% na pesquisa semanal feita pelo Banco Central com um grupo de 100 instituições financeiras e consultorias. O novo porcentual projetado é inferior aos 12,30% previsto pelo mercado há cerca de quatro semanas. As estimativas de IPCA para 2004, por sua vez, recuaram de 7,89% para 7,80%. As previsões de IPCA em 12 meses à frente caíram na mesma pesquisa de 8,87% para 8,80%. Há quatro semanas as previsões de IPCA em 12 meses estava em 9,11%. As estimativas de IPCA para abril e maio ficaram estáveis em 1% e 0,50%, respectivamente. CâmbioAs projeções de mercado para a taxa de câmbio no fim de 2003 recuaram de R$ 3,40 para R$ 3,30, na pesquisa semanal feita pelo Banco Central. As estimativas de taxa de câmbio para o fim de 2004 caíram, na mesma pesquisa, de R$ 3,55 para 3,5 0. As projeções para a taxa Selic, no fim de 2004, recuaram, ao mesmo tempo, de 18% para 17,25% ao ano . As previsões para as taxas Selic, no fim de 2003, permaneceram estáveis em 22% ao ano. As projeções de mercado para a dívida líquida do setor público em 2003 caíram de 55,30% do PIB para 55% do PIB, na pesquisa semanal feita pelo Banco Central. As projeções para a dívidas líquida do setor púb,ico em 2004 recuaram de 53,85% d o PIB para 53,70% do PIB. As projeções para o superávit primário do setor público em 2003 e 2004 ficaram estáveis em 4,25% do PIB, para ambos os períodos.PIBAs projeções para o crescimento do PIB, em 2003, aumentaram de 1,90% para 1,91%. O porcentual projetado, entretanto, é menor do que o 1,95% previsto pelo mercado há quatro semanas. As estimativas de crescimento para 2004 ficaram estáveis em 3%. As projeções de superávit da balança comercial, para 2004, caíram, ao mesmo tempo, de US$ 16,15 bilhões para 15,50 bilhões. As estimativas de superávit da balança comercial, para 2003, ficaram estáveis em US$ 16 bilhões. Déficit em conta corrente As previsões de mercado para o déficit em conta corrente em 2003 caíram de US$ 3,90 bilhões para US$ 3,76 bilhões, na pesquisa semanal feita pelo Banco Central. As projeções de déficit em conta corrente para 2004 ficaram estáveis em US$ 5 bilhões. As previsões em investimentos diretos estrangeiros para 2004 caíram de US$ 15 bilhões para US$ 14,45 bilhões. As projeções para investimento direto em 2003 ficaram estáveis em US$ 12 bilhões.

Agencia Estado,

12 de maio de 2003 | 10h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.