Previsão para PIB de 2004 sobe para 3,65%

Gradualmente, os analistas e executivos ouvidos semanalmente pelo Banco Central vão elevando suas estimativas para a taxa de crescimento da economia brasileira em 2004. De acordo com o último levantamento, divulgado esta manhã pelo BC, as empresas e bancos consultados pela autoridade monetária apostam que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro crescerá este ano 3,65%.A taxa está um pouco acima da estimada no levantamento anterior, quando os consultados apostavam que o PIB cresceria 3,57%. Para o ano de 2005 a projeção continua a mesma das últimas dez semanas: crescimento de 3,50%.Contas externas e balançaAs projeções sobre o comportamento das contas externas brasileiras também sofreram uma nova rodada de alterações. De acordo com a pesquisa do BC, analistas e executivos consultados elevaram, pela oitava semana consecutiva, sua projeções para o saldo das transações correntes do País com o exterior em 2004. Até semana passada, os cálculos indicavam que o Brasil fecharia este ano com um superávit de US$ 6 bilhões em suas transações correntes. A estimativa agora é de um superávit de US$ 6,05 bilhões.As alterações para 2005 foram mais significativas. O superávit estimado saltou de US$ 220 milhões para US$ 2 bilhões. Em termos comerciais, a projeção para o saldo da balança em 2004 continua no patamar de um superávit de US$ 29 bilhões. Para 2005, entretanto, os analistas e executivos elevaram em US$ 100 milhões, para US$ 25,10 bilhões, a projeção para o superávit comercial daquele ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.