Previsão para Selic no final do ano sobe para 17%, apura BC

As projeções de mercado para a taxa de juros no final do ano subiram de 16,75% para 17% em pesquisa semanal do Banco Central (BC). As previsões para outubro, por sua vez, ficaram estáveis em 16,50%, embutindo uma perspectiva de elevação da taxa Selic de 0,25 ponto porcentual na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Para o fim de 2005, os bancos ouvidos pelo BC aumentaram suas previsões de taxa de juros dos 15% da semana passada para 15,25% ao ano. A margem de redução dos juros no próximo ano, com isso, manteve-se nos mesmos 1,75 ponto porcentual da última pesquisa. Projeção para dólar recua As projeções de mercado para a taxa de câmbio no fim do ano recuaram de R$ 3,02 para R$ 3,00, apontou ainda a pesquisa do BC. As previsões para o final do corrente mês seguiram a mesma tendência e caíram dos R$ 2,95 da semana passada para R$ 2,90. Apesar da redução, as estimativas ainda estavam distantes dos R$ 2,87 do fechamento da última sexta-feira. Para o fim de outubro próximo, os bancos ouvidos pelo BC revisaram suas expectativas de câmbio de R$ 2,99 para R$ 2,95. As projeções para o final de 2005, por sua vez, foram reduzidas de R$ 3,20 para R$ 3,17.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.