finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Primeiro genérico para mal de Parkinson

A Bioteva, joint-venture entre o Laboratório Biosintética e o israelense Teva, lançou o Carbidopa/Levodopa, primeiro genérico para tratamento do mal de Parkinson no Brasil. Aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Carbidopa/Levedopa é genérico do Sinemet, medicamento mais importante no combate à doença atualmente.O Carbidopa/Levedopa é revendido pelas farmácias do País desde a segunda quinzena de abril por R$ 20,10 a caixa com 30 comprimidos, na apresentação de 25 mg. O equivalente de referência custa R$ 33,50 na mesma apresentação. A vítima do mal de Parkinson ingere entre 60 a 90 comprimidos por mês. Com o Carbidopa/Levedopa, terá um gasto mensal em torno de R$ 60,30. Já com o remédio de referência, o custo sobe para R$ 100,50.Durante o ano, a Bioteva lançará mensalmente outros genéricos para doenças crônicas. O Carbamazepina, primeiro genérico para tratamento de epilepsia, é um deles. Até o final de 2001, haverá 50 novos medicamentos do Bioteva no mercado.

Agencia Estado,

02 de maio de 2001 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.