Primeiro-ministro grego enviará mensagem à cúpula da UE

Em documento, Antonis Samaras salientará que as eleições no último dia 17 na Grécia provaram que o país escolheu o caminho a favor da Europa

Renan Carreira, da Agência Estado,

26 de junho de 2012 | 17h35

ATENAS - O presidente da Grécia, Carolos Papoulias, vai levar uma carta do primeiro-ministro Antonis Samaras, na qual ele ressalta a necessidade de apoio ao país, para uma crítica à cúpula da União Europeia (UE) em Bruxelas, na Bélgica, na quinta e sexta-feira, reportou hoje a imprensa local.

No documento, Samaras vai salientar que as eleições no último dia 17 na Grécia provaram que o país escolheu o caminho a favor da Europa. Também vai levantar a questão de eventual substituição de alguns termos que são parte dos pacotes de resgate da UE e do Fundo Monetário Internacional (FMI), que prejudicam a já bastante endividada economia do país.

Samaras, que se recupera de uma cirurgia ocular, conversou por telefone hoje com líderes da UE, entre eles a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente do órgão, Herman Van Rompuy.

Papoulias, de 83 anos, vai liderar uma delegação grega a Bruxelas e hoje expressou a esperança de que a cúpula ajudaria a Grécia, uma vez que o país se prepara para delinear seus planos para a revisão da ajuda da UE e do FMI. "Esperamos que seja uma cúpula positiva, não apenas para a Grécia, mas para o resto do sul europeu e para o mundo todo", afirmou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaCúpula da UE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.